Ameixas, ame-as ou deixe-as.

Com o voto de meu respeito, quero falar de uma figura brasileira que deveria ser imortalizada, não por ser um gênio muito menos por armar uma história de interlectualidade, mas pela mensagem da bohemia que suas obras trazem, está memoriavel pessoa é Paulo Leminski. Suas obras constam em muitos livros de português em seções da poesia Moderna e Experimetal. Em sua vida-e-obra fez diversas traduções de textos do Alfred Jarry, James Joyce, John Fante, John Lennon, Samuel Beckett e Yukio Mishima para o português, escreveu livros e muita poesia e prosa.

vão é tudo
que não for prazer
repartido prazer
entre parceiros

vãs
todas as coisas que vão

——————————————————————————–

                               undergroundblitzkrieg

o clouse-up do souvenir
o ersatz do harakiri
o marketing de pindorama

———————————————————————————-

isso
aqui
já
assim
?
?
?
?
Para mais informações:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Leminski
http://paginas.terra.com.br/arte/PopBox/kamiquase/nindex.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: